Berlin Costelaria | Vitrine
Berlin Costelaria | Vitrine
Berlin Costelaria | Aldo Rebelo cobra, e presidente da Conmebol se reunirá com Cruzeiro

Aldo Rebelo cobra, e presidente da Conmebol se reunirá com Cruzeiro

Sexta - 14/02/2014

O presidente da Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol), Eugenio Figueredo, prometeu que a entidade analisará as manifestações racistas da torcida do Real Garcilaso contra o volante Tinga, do Cruzeiro, que perdeu o jogo por 2 a 1. O dirigente uruguaio se informou sobre o caso apenas nesta quinta-feira, após receber um telefonema do ministro do Esporte, Aldo Rebelo, que cobrou uma reação enérgica.
- Me inteirei sobre o assunto porque o ministro do Esporte do Brasil, Aldo Rebelo, me ligou. Logo vi um vídeo na internet sobre o tema. Nós vamos pedir as informações respectivas e passaremos o caso para a Comissão de Disciplina da Conmebol. Amanhã receberemos uma comitiva do Cruzeiro que reunirá conosco para tratar do assunto – declarou Eugenio Figueredo, em entrevista ao portal Pasión Libertadores.
O dirigente máximo da Conmebol reforçou que a entidade condena qualquer manifestação racista, mas não se adiantou sobre possíveis punições ao clube peruano.
- A Confederação Sul-Americana repudia energicamente qualquer ato de discriminação no futebol – completou o uruguaio.
Em nota oficial no portal do Ministério do Esporte, Aldo Rebelo também manifestou repúdio ao racismo da torcida do Real Garcilaso e reforçou o apoio a Tinga. O ministro também espera que a Conmebol não seja branda em suas punições.
- No ano em que o mundo inteiro se une para disseminar uma mensagem contra o preconceito durante a Copa do Mundo do Brasil, é inconcebível o comportamento que vimos em Huancayo. Tinga tem todo o nosso apoio na luta contra o racismo, que, esperamos, será combatido com firmeza pela Conmebol - publicou o ministro. Pelo twitter, a Conmebol havia informado que avaliaria o caso e deixou claro que o Real Garcilaso deve ir a julgamento. O artigo 12 do regulamento disciplinar da entidade trata de discriminação e/ou comportamento semelhante e prevê punições em casos como este.
Fonte:globoesporte

Horário

Segunda a sexta-feira a partir das 11h30
Sábado e domingo a partir das 12h00

Local

Rua Cuiabá, 57 - Jardim Paulistano Sorocaba - SP

Fone

(15) 3321-2940

Indique nosso site!