Berlin Costelaria | Vitrine
Berlin Costelaria | Vitrine
Berlin Costelaria | Ídolo, Conca rejeita status de intocável no Fluminense: Eu vou brigar por um lugar

Ídolo, Conca rejeita status de intocável no Fluminense: Eu vou brigar por um lugar

Quinta - 23/01/2014

Ídolo, Conca rejeita status de intocável no Flu: 'Eu vou brigar por um lugar'
Um talento despediçado na Argentina, respeitado no Brasil e admirado na China. Que saiu da cidade carente de Tigre, na Grande Buenos Aires, e foi ganhar o mundo. De volta ao Fluminense depois de dois anos e meio no chinês Guangzhou Evergrande, Darío Conca voltou a vestir tricolor no sábado passado, na derrota por 3 a 2 para o Madureira. Mas esta quinta-feira, dia 23 de janeiro de 2014, vai marcar o reencontro do meia argentino com a torcida. Conca volta ao Maracanã contra o Bonsucesso, às 19h30m (de Brasília), pela segunda rodada do Carioca. Um retorno de ídolo, com direito a festa e carinho.
- Todo mundo gosta (de ser ídolo). Se sente bem, se sente importante num clube. Mas na minha cabeça passa que tenho que trabalhar muito. O torcedor me faz me sentir muito bem, no clube me sinto muito bem. Mas não posso ficar falando, pensando que sou ídolo. Vou brigar por um lugar como todos os jogadores, isso é o mais importante. Ter na cabeça que aqui somos um grupo e tem que pensar dessa forma.
Aos 30 anos, ele carrega a responsabilidade de dividir com Fred o protagonismo no Fluminense. E chega em momento delicado, depois de um 2013 difícil do clube, de futebol ruim, de rebaixamento para a Segunda Divisão e reviravolta pelo caso Héverton com permanência de elite. A ou B? Conca diz que ignora letras. Garante que o caso dele é de amor e respeito ao Fluminense.
- Todo mundo gosta de jogar na Série A. Mas eu não vim por isso. Não vim pela seleção (da Argentina). Vim porque me sinto bem aqui, porque o clube fez um grande esforço para me contratar também. Isso foi importante. E por tudo que representa na minha vida, na vida da minha família – disse.
Na entrevista ao GloboEsporte.com (assista ao vídeo acima) durante a pré-temporada em Mangaratiba, na Costa Verde do Rio, Conca mostrou a conhecida timidez, mas também distribuiu sorrisos. Tem sido assim desde a volta ao clube. Sobra alegria para o camisa 11, que também contou detalhes da passagem pela China.
- Tenho motivos para sorrir porque estou muito feliz no Fluminense, num clube muito importante, no qual me sinto muito bem.
Durante a conversa, a expressão só mudou quando a torcida foi assunto. É sempre com muito respeito que Conca fala dos tricolores. O meia demonstra preocupação em fazer com que eles esqueçam o passado recente de crise.
- Se jogar bem e ganhar, a torcida vai ficar feliz e sempre do nosso lado. Houve um momento especial em 2009, estávamos muito mal, último do campeonato, e todo mundo achava que estava rebaixado. Nesse momento apareceu a torcida do Fluminense e levou o time a ficar na Primeira Divisão.
Fonte: globoesporte

Horário

Segunda a sexta-feira a partir das 11h30
Sábado e domingo a partir das 12h00

Local

Rua Cuiabá, 57 - Jardim Paulistano Sorocaba - SP

Fone

(15) 3321-2940

Indique nosso site!