Berlin Costelaria | Vitrine
Berlin Costelaria | Vitrine
Berlin Costelaria | Japonês não se intimida, dá trabalho, mas Nadal avança na Austrália

Japonês não se intimida, dá trabalho, mas Nadal avança na Austrália

Segunda - 20/01/2014

Rafael Nadal lidou com um oponente que deu trabalho na quarta rodada do Aberto da Austrália. Diante de Kei Nishikori, o espanhol precisou de concentração e muito esforço para superar o jovem adversário de 24 anos. O japonês não se intimidou com a qualidade do número 1 do mundo nem com a arena lotada em Melbourne. O espanhol precisou de fôlego para acompanhar o ritmo do adversário, que levou a decisão de todos os sets para o tiebreak. No fim, a vitória foi de Nadal por 3 sets a 0, com parciais de 7/6 (3), 7/5 e 7/6 (3). Agora, o espalhol encara Grigor Dimitrov nas quartas de final.
Nishikori pareceu ter sentido a pressão do jogo e logo no início e acabou cometendo erros não forçados que deixou Rafael Nadal com a vantagem de 2/0. Aos poucos, o japonês começou a entrar na partida e dificultou o caminho do espanhol. Com boas paralelas Nishikori contou com os erros de Nadal para fechar seu primeiro game e empatar em 2/2. Com os primeiros ralis, Nishikori equilibrou a partida, fechando mais um game a seu favor. Então, sempre que o japonês comemorava, Nadal corria atrás do empate. Com essa estratégia, o primeiro set foi decidido no tiebreak, onde Rafael Nadal mostrou o peso de sua experiência. Ele abriu 5-2 e jogou a pressão para o adversário. Nishikori tentou caprichar nas devoluções, mas não consegiu. No final, mesmo desperdiçando um setpoint, Nadal fechou em 7/6 (3).
Somente no segundo set o espanhol passou a mandar na partida. Apesar de perder o primeiro game, ele empatou e logo na sequência virou para 2/1. Mas o jovem oponente conseguiu controlar as emoções e igualou. Em um game inspirado, assumiu a liderança novamente, 3/2, e começou a imprimir ritmo à partida, conseguindo uma vantagem de 4/2. Nadal se tornou mais agressivo e venceu três games em sequência para assumir o controle do jogo. O japonês não se entregou, fez 5/5 e obrigou o espanhol a se esforçar ainda mais. Foram os aces de Nadal, 12 no total contra 1 de Nishikori, que garantiram a virada e o set: 7/5.
Depois de Nadal trocar o tênis e receber atendimento médico para tratar bolhas na mão, a partida recomeçou e, dessa vez, o espanhol não deu muitas chances para o japonês. Ele até ameaçou, fazendo 1/1, mas o melhor jogador do mundo conseguiu abrir uma vantagem de 4/1. Nishikori não desperdiçou a chance que teve de garantir mais um game e se manteve vivo no jogo. Ele conseguiu 4/2 e na sequência, com uma dupla falta de Nadal, diminuiu para 4/3. Nadal empatou, mas o japonês ainda passou na frente. Apesar de conseguir 5/4, Nishikori acabou acertando a rede e desperdiçou a chance de fechar o jogo. O número 1 do mundo se aproveitou do momento ruim do oponente para fechar mais um game no erro do japones. Na sequência Nishikori empatou, levando a partida para mais uma decisão no tiebreak. Nadal chegou a abrir 4-1, mas um erro permitiu que Nishikori se aproximasse, porém sem sucesso. Rafael ainda desperdiçou uma bola e Nishikori não pôde superar o melhor do mundo. A última devolução ficou na rede e Nadal liquidou a fatura com 7/6 (3).
Andy Murray passa sufoco, mas vence Stephane Robert. O britânico Andy Murray também garantiu uma vaga nas quartas de final do Aberto da Austrália nesta segunda-feira com 3 sets a 1 sobre o francês Stephane Robert, parciais de 6/1, 6/2, 6/7 (6-8) e 6/2. Depois de abrir 2 sets a 0, Murray aceitou a recuperação do francês que venceu o terceiro set no tiebreak, mas não teve fôlego no set decisivo e acabou sendo eliminado. Murray aguarda a decisão do jogo entre Tsonga e Federer para conhecer seu próximo rival.

Fonte: globoesporte

Horário

Segunda a sexta-feira a partir das 11h30
Sábado e domingo a partir das 12h00

Local

Rua Cuiabá, 57 - Jardim Paulistano Sorocaba - SP

Fone

(15) 3321-2940

Indique nosso site!