Berlin Costelaria | Vitrine
Berlin Costelaria | Vitrine
Berlin Costelaria | De Marta a Neymar: lágrimas de CR7 emocionam plateia em cerimônia

De Marta a Neymar: lágrimas de CR7 emocionam plateia em cerimônia

Terça - 14/01/2014

As câmeras de televisão não mostraram, mas o choro de Cristiano Ronaldo ao receber a Bola de Ouro emocionou a plateia do Kongreshaus de Zurique. O craque mostrou a sua versão mais sensível ao receber um prêmio pelo qual vinha lutando com Lionel Messi há quatro anos, e sua família e namorada partilharam de imediato as lágrimas - mas não foram os únicos emocionados. Outros craques e até mesmo rivais em campo, como Neymar e Daniel Alves, também ficaram comovidos. - Nós sabemos como é conquistar algumas coisas na nossa vida. Eu entendo perfeitamente o sentimento dele, e foi até bonito ter expressado para todos o quanto é importante e o como foi difícil vencer este troféu. Está de parabéns, a Bola de Ouro está em bons pés - declarou Neymar.
O companheiro de Real Madrid, Sérgio Ramos, revelou ter se controlado para não chorar, enquanto a brasileira Marta não conteve a emoção.
- Eu estava torcendo para ele desde o início da votação para a Bola de Ouro e me emocionei com a emoção dele. O Cristiano Ronaldo mostrou que realmente trabalha muito para conquistar os objetivos e eu me identifico muito com ele nesse aspecto. Provou que valeu a pena tudo o que fez para alcançar os seus objetivos. Vocês não viram, mas eu chorei com ele - revelou a jogadora brasileira, pentacampeã da Bola de Ouro feminina, que teve como vencedora nesta edição a alemã Nadine Angerer.
Cristiano Ronaldo venceu o prêmio pela segunda vez (o primeiro foi em 2008), ao fim de quatro anos consecutivos de domínio de Lionel Messi. Desta vez, o argentino ficou em segundo lugar, mas no final fez questão de elogiar o rival e disse entender a reação do atacante do Real Madrid
- Entendo perfeitamente a reação de Ronaldo, sobretudo quando vi subir o filho dele para o palco. É uma emoção muito grande e achei normal - comentou o camisa 10 do Barcelona.
Daniel Alves, que entrou para a seleção do ano como melhor lateral direito do ano, pela quarta vez consecutiva, também deixou elogios a CR7. Para o defensor catalão, a reação do luso não foi uma surpresa, pois foi natural.
- Não me surpreendeu. É um momento único, um momento especial, onde as emoções estão à flor da pele e podem acontecer reações como esta. Quando se ganha algo é porque se fez por merecer. Então quem sou eu para dizer que não mereceu - afirmou o brasileiro.
Fonte: globoesporte

Horário

Segunda a sexta-feira a partir das 11h30
Sábado e domingo a partir das 12h00

Local

Rua Cuiabá, 57 - Jardim Paulistano Sorocaba - SP

Fone

(15) 3321-2940

Indique nosso site!