Berlin Costelaria | Vitrine
Berlin Costelaria | Vitrine
Berlin Costelaria | De olho no topo, Campinas encara  o Sesi-SP; Rio enfrenta o Pinheiro

De olho no topo, Campinas encara o Sesi-SP; Rio enfrenta o Pinheiro

Terça - 03/12/2013

De olho na liderança da Superliga feminina de vôlei, o Campinas encara a equipe vice-campeã paulista, o Sesi-SP, no ginásio da Vila Leopoldina, em São Paulo, nesta terça-feira, às 19h, com transmissão ao vivo do SporTV. Depois de perder no último domingo para o Osasco na final do Campeonato Paulista por 3 sets a 0 (21/13, 21/18 e 21/19), o Sesi-SP só pensa na vitória em casa para se reabilitar na disputa da competição nacional, onde atualmente está na sétima colocação com 11 pontos. Enquanto isso, o Campinas pode chegar ao topo da Superliga: são 6 jogos e apenas uma derrota que colocam a equipe na terceira posição com 15 pontos, atrás do Rio de Janeiro, também com 15, e do líder Osasco, com 17. Dependendo dos resultados da sétima rodada do primeiro turno, a equipe do interior de São Paulo pode chegar à liderança isolada.
Levantadora do Sesi-SP, Dani Lins, vai para o seu terceiro jogo depois de cinco semanas fora, por causa de um rompimento da fáscia plantar. Ela relembrou o período de recuperação.
- Meu retorno foi bem devagar, começando na areia, passando pela musculação, mas é normal, porque foi uma lesão séria. Depois que eu fui liberada pelos médicos para fazer tudo, só dói depois de algum treino ou jogo muito intenso, mas aos poucos isso passa - explicou Dani Lins.
A levantadora ainda lamentou a derrota no Campeonato Paulista e foca agora na Superliga.
- Foi minha primeira final de Paulista. Mesmo jogando mal, conseguimos fazer dois sets apertados. Numa final, tínhamos de entrar com tudo, sorrindo, brincando, como o grupo costuma ser. Então fiquei muito triste, mas hoje acordei com outro pensamento, porque a temporada não para. Com o final do Estadual, agora é foco total na Superliga. O que temos de tirar como aprendizado é sempre entrar com o máximo de vontade, sem cabeça baixa - disse Dani Lins.
Pelo lado do Campinas, a oposto Tandara, que quebrou o recorde de pontos em um jogo da Superliga, ao marcar 37 vezes, destacou a força do grupo.
- Estou muito feliz com o recorde, fiquei até surpresa quando saí de quadra, porque não imaginava que tinha feito tantos pontos. Venho treinando muito forte e as meninas vêm me ajudando muito, certamente o grupo faz a diferença - disse Tandara, que também elogiou as adversárias.
- Vamos enfrentar um time grande, que também quer brigar pelas primeiras posições, então treinamos muito forte. Acho que pelo fato delas terem jogado no domingo saímos um pouquinho na frente. Depois da semifinal do Paulista, quando acho que entramos meio de "guarda baixa", vamos jogar com tudo para ganhar - projetou Tandara, que comentou a boa fase.
- Estou indo para o jogo muito bem, com a confiança lá em cima, o que com certeza ajuda. Quero fazer jus a essa marca e mostrar pra mim mesma que sou capaz de ter atuações como essa - finalizou a oposto do Campinas.
Quem também torce por um tropeço do Osasco é o vice-líder Rio de Janeiro. A equipe comandada por Bernardinho encara o Pinheiros, também nesta terça-feira, às 19h30m, no Ginásio Poliesportivo Henrique Villaboim, em São Paulo. Assim como o Campinas, as cariocas podem ficar na primeira colocação ao fim da rodada. O Pinheiros, que conta com a ponteiro Ellen, aposta no fator casa para diminuir a diferença para os primeiros colocados. Atualmente, a equipe está na quarta posição com 12 pontos.
Fonte: globoesporte

Horário

Segunda a sexta-feira a partir das 11h30
Sábado e domingo a partir das 12h00

Local

Rua Cuiabá, 57 - Jardim Paulistano Sorocaba - SP

Fone

(15) 3321-2940

Indique nosso site!