Berlin Costelaria | Vitrine
Berlin Costelaria | Vitrine
Berlin Costelaria | Perto da redenção, Felipe lembra má fase: Chegamos a ser esculachados

Perto da redenção, Felipe lembra má fase: Chegamos a ser esculachados

Terça - 26/11/2013

Um título redentor. É desta maneira que o elenco do Flamengo está encarando a possibilidade de conquistar a Copa do Brasil, na próxima quarta-feira. Para isso, basta um empate sem gols com o Atlético-PR, no Maracanã, em partida que pode colocar na história do clube uma temporada que até bem pouco tempo atrás tinha contornos trágicos na Gávea. Com uma política de contenção de despesas, a diretoria investiu pouco e viu a equipe sair sem sequer disputar uma final de turno no Carioca, além de correr risco de rebaixamento no Brasileirão. As críticas foram muitas, e ainda não foram esquecidas por um elenco que está a 90 minutos de gritar “é campeão”. Um dos líderes do grupo, Felipe falou em tom de volta por cima da oportunidade de título. Com os questionamentos ainda na memória, o goleiro acredita que até mesmo o próprio torcedor colocou em dúvida a capacidade do elenco e traduziu em palavras a importância do confronto com o Furacão:
- É o jogo da vida de todo mundo aqui. O elenco apanhou muito o ano inteiro, estava desacreditado, chegou a ser esculachado. A própria torcida não acreditava e estamos a 90 minutos de um grande objetivo. (O título) vai ser muito importante para o elenco e comissão técnica. Ouvimos muitas coisas desde o início do ano, mas futebol se resolve dentro de campo. Nem sempre vence o melhor. Copa do Brasil sempre tem uma surpresa e sabíamos que poderia ser o Flamengo.
Apesar do pequeno desabafo, o camisa 1 rubro-negro não vê a campanha na Copa do Brasil como um “cala-boca” aos críticos. Ciente de que o Flamengo não era um dos favoritos no início da competição, Felipe admite que a condição na qual a equipe se encontra na reta final da temporada é surpreendente.
- Não precisamos dar resposta a ninguém. Futebol são 90 minutos e ninguém ganha de véspera. Nunca vi um jogo ser vencido antes do apito do juiz. Falar, todo mundo fala. É normal. No Brasileirão, quem tem o melhor elenco leva, mas Copa do Brasil não foi a primeira com surpresa nem a última. Vimos equipes que não esperávamos na final, como Santo André, Paulista...
Para o goleiro, a vitória por 1 a 0 sobre o Cruzeiro, nas oitavas de final, com gol de Elias nos minutos finais, foi o ponto de virada para o Flamengo no ano. Ao eliminar o campeão brasileiro, o Rubro-Negro se privou de impor limites para suas ambições.
- No Brasileiro, começamos mal e nosso objetivo era chegar aos sonhados 48 pontos. Em nenhum momento mantivemos um nível elevado. Fazíamos uma ou duas boas partidas. Já na Copa do Brasil, depois do jogo contra o Cruzeiro, o melhor time do país, começamos a acreditar que podíamos.
Flamengo e Atlético-PR se enfrentam na quarta-feira, às 21h50m (de Brasília), no Maracanã. Com o 1 a 1 no Paraná, os donos da casa jogam por um empate por 0 a 0 para serem campeões. Igualdade com um gol leva a disputa para os pênaltis e empate com dois ou mais gols favorece o Furacão.
Fonte: globoesporte

Horário

Segunda a sexta-feira a partir das 11h30
Sábado e domingo a partir das 12h00

Local

Rua Cuiabá, 57 - Jardim Paulistano Sorocaba - SP

Fone

(15) 3321-2940

Indique nosso site!