Berlin Costelaria | Vitrine
Berlin Costelaria | Vitrine
Berlin Costelaria | Após duas goleadas de 6 a 1, Brasil pega leve em vitória sobre Honduras

Após duas goleadas de 6 a 1, Brasil pega leve em vitória sobre Honduras

Terça - 22/10/2013

Depois de aplicar duas goleadas por 6 a 1 (Eslováquia e Emirados Árabes) e conseguir a classificação antecipada para as oitavas de final do Mundial sub-17, a seleção brasileira manteve os 100% de aproveitamento e mostrou, na tarde desta quarta-feira, que chega forte para buscar o tetracampeonato. Em confronto realizado no Emirates Stadium, em Ras Al-Khaimah, nos Emirados Árabes, o time do técnico Alexandre Gallo venceu Honduras por 3 a 0 e fechou a última rodada na liderança isolada do Grupo A, com nove pontos. Com dois gols, Boschilia foi o grande destaque. Caio Rangel completou. Nas oitavas de final, o Brasil enfrentará um dos terceiros colocados dos Grupos C, D e E. Mesmo com a derrota, Honduras acabou classificada. Isso porque a Eslováquia, que venceu os Emirados Árabes por 2 a 0 e também chegou a quatro pontos, ficou com saldo menor. Como era esperado, o Brasil começou a partida melhor que Honduras. Muito mais técnica, a seleção dominou o meio de campo e teve a maior posse de bola. Assim, o primeiro lance de perigo aconteceu logo aos três minutos. Após escanteio, o zagueiro Lucas subiu alto e cabeceou no travessão. A pressão surtiu efeito aos 14. Boschilia aproveitou uma cobrança de falta na entrada da grande área e mandou a bola no canto direito do goleiro Hernandez, que não teve como defender: 1 a 0. Recuada, a seleção de Honduras buscava o erro brasileiro para tentar um contra-ataque, mas não conseguiu e quase levou o segundo aos 32. Nathan arrancou pela direita, fez fila na defesa e bateu colocado, tirando do goleiro. A bola passou rente à trave. Seria um golaço! Nesse momento, o Brasil tinha 81% de posse de bola. Aos 44, a rede balançou mais uma vez. Nathan avançou pela esquerda e cruzou rasteiro para Boschilia marcar mais um. Assim como na etapa inicial, o segundo tempo foi brasileiro. Aos 20, o time chegou ao terceiro gol, com Caio Rangel, que foi lançado na grande área e chutou forte. Após o lance, o time diminuiu um pouco o ritmo e só voltou a assustar Honduras aos 38. Keneddy caiu pela direita, puxou para o meio e chutou de canhota. A bola passou raspando a trave. Sabendo do resultado da Eslováquia no outro jogo do grupo, Honduras recuou ainda mais e esperou o apito final para sair de campo comemorando a classificação.
Fonte: globoesporte

Horário

Segunda a sexta-feira a partir das 11h30
Sábado e domingo a partir das 12h00

Local

Rua Cuiabá, 57 - Jardim Paulistano Sorocaba - SP

Fone

(15) 3321-2940

Indique nosso site!